sábado, 2 de fevereiro de 2008

Eu vi um gato...

… nas Bibliotecas Municipais de Oeiras. Aliás, muitos viram o mesmo gato. Tantos, que a sala “rebentou pelas costuras”.

Se a ideia era trazer ao espaço adolescentes e jovens adultos, pois a iniciativa resultou em cheio. E, para o provar, uma curiosidade: à entrada da Biblioteca uma empresa privada, de seu nome “Teen Academy” – explicações e afins –, distribuía folhetos promocionais. A iniciativa pública a ser aproveitada pela privada: no mínimo, curioso…

Ricardo Araújo Pereira falou da sua infância, percurso profissional, leituras, influências, de algumas fórmulas para escrever guiões, do SLB, mas sempre com tempo para umas piadas, imitações e, no final, autógrafos com fartura.

O bonecreiro do adrian fez um pedido a RAP: aproveitando a presença de tanta gente nova, porque não dar-lhes umas sugestões de leitura? Pois então, aqui vão elas: de Eça de Queirós, “A relíquia” e de Camilo Castelo Branco “A queda de um anjo” (se bem que algumas pessoas do público contestaram estas opções, mas RAP defendeu a escolha com base nos enredos, que considera hilariantes); de Jerome K. Jerome, “Três homens e um bote”; de Mário Henrique Leiria, “Contos do gin tonic" e “Novos contos do gin tonic”; de Miguel Esteves Cardoso, a generalidade das obras; “Boca do Inferno”, do próprio; e, por último, “Planeta do Futebol”, de Luís de Freitas Lobo.
Uma dica do adrian: façam uma lista com estas sugestões, coloquem-nas nas mesas da sala de leitura e junto aos postos de acesso à net, e dêem-lhe o título: “Recomendações de Leitura de Ricardo Araújo Pereira”. Juntem-lhe a foto deste post e, depois, digam de vossa justiça.
Um abraço!
mais uma notícia aqui

4 comentários:

Anónimo disse...

Como agente promotor do livro e da leitura para jovens que se apresenta, esperava que tivesse corrigido a informação de que "A queda de um anjo" é da autoria de Eça de Queirós... Afinal, como com toda a certeza saberá, o seu autor é Camilo Castelo Branco!!!
Lá se perderam 2 oportunidades de fazer promoção da leitura correcta.

Gaspar Matos disse...

Caro Anónimo,

Grato pela observação.
Permitir-me-á, no entanto, esta pequena nota: a web (ao contrário do livro impresso, que só se corrige com errata ou edição posterior), possibilita a imediata rectificação dos conteúdos. Fruto da sua atenta intervenção, as oportunidades não se perderam, mantêm-se.

Muito obrigado!

Miguel Paiva disse...

Anónimo,

Distracções, qualquer um pode ter. Já a manutenção de blogs de afirmada seriedade e qualidade no âmbito da promoção da leitura em bibliotecas públicas, não parece estar ao alcance de todos...

E, do que tenho lido e ouvido sobre promoção da leitura, fico sem perceber a que é que pretende aludir quando escreve "promoção da leitura correcta". Novo conceito?!...

Parabéns Gaspar pelo teu excelente contributo! Continua a "postar"!

Abraço do Miguel

Gaspar Matos disse...

Um grande abraço, Miguel!
Aparece mais vezes!